SECRETÁRIO ADJUNTO DE SAÚDE DO GOVERNO GIAN LOPES (PR) ALMIR TAVARES PEDE DEMISSÃO

Nesta terça-feira (12/07), o então Secretário Adjunto, do governo Gian Lopes (PR), Almir Rodrigues Tavares pediu demissão do cargo em que estava desde janeiro deste ano. Para o blogueiro Magno Oliveira Tavares disse que  problemas pessoais o motivaram a tomar esta decisão.

Tavares desde março quando o Secretário de Saúde Greg Iassia foi afastado pela juíza Dra. Erika Dalaruvera, da 1ª Vara Criminal de Poá, que  determinou por medida cautelar, o afastamento. Iassia responde a uma ação penal por descumprir lei de licitações, quando era secretário de Administração do ex-prefeito cassado Testinha (SD). A Prefeitura à época teria contratado cinco vezes a mesma empresa sem licitação.

Almir Tavares é o primeiro da direita para a esquerda. Nesta foto está ao lado do verador Fábio Suru (PPS). Crédito da foto: SECOM de Poá

Esta é mais uma baixa no primeiro escalão do atual prefeito de Poá, que desde quando assumiu não conseguiu formar sua equipe de trabalho por completo. As outras saídas foram: no Esporte, Zé Carlos Maçã do Amor (PDT), que decidiu voltar para o seu mandato de vereador. Em seu lugar entrou Tonho de Calmon Viana (PDT), Tonho é quem havia assumido a cadeira de vereador quando Maçã do Amor foi para a pasta de esporte.

Além de Greg afastado pela justiça, Dorval Torres (PT) adjunto de Habitação teve pedido de afastamento feito pelo Ministério Público (MP). Ronaldo Florido (PDT) iniciou a gestão na pasta de Assistência e Desenvolvimento Social, porém, foi para Turismo numa troca com Edevaldo Gonçalves (PR), que foi para a que estava Florido.

Almir Tavares se junta a Zé Maçã do Amor e ao Ex-secretário da Fazenda Sérgio Arminiato que entregaram seus cargos.

Enviamos perguntas sobre o pedido de demissão para o prefeito de Poá, por  meio, da Secretaria de Comunicação, porém, até o fechamento da matéria não recebemos retorno.